Maceió

Jogador esfaqueado segue estável e em recuperação após cirurgia, diz HGE

TNH1 | 01/07/22 - 10h12
Divulgação

O jogador de futebol João Guilherme Clemente da Silva, 21 anos, permanece em recuperação após procedimento cirúrgico e o estado de saúde é considerado estável no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió. A informação foi passada em boletim médico na manhã desta sexta-feira, 1º.

João Guilherme, que é atleta do FF Sport Nova Cruz, time da segunda divisão do Campeonato Alagoano, foi esfaqueado após uma discussão com o dirigente do clube na manhã de quinta-feira, por ter ido para "farra" na cidade de Pilar. O autor do crime fugiu depois dos golpes e ainda não foi localizado.

De acordo com o HGE, o jovem apresentou ferimentos na região superior do tórax e segue sob os cuidados da equipe médica da unidade de saúde. "O Hospital Geral do Estado, em Maceió, informa que o paciente João Guilherme Clemente da Silva, de 21 anos, permanece em recuperação após procedimento cirúrgico. Ele chegou nesta quinta-feira (30), às 9h26, ferido por arma branca na região superior do tórax. Seu estado de saúde é considerado estável".

Por meio de nota, a diretoria do FF Sport Nova Cruz informou que lamenta a situação e que presta apoio ao atleta do clube. O clube reiterou compromisso de ser contra a qualquer tipo de violência e segue aberto para colaborar com as investigações policiais.

"A Diretoria do FF NOVA CRUZ, lamenta o ocorrido na manhã desta quinta-feira (30) com o nosso atleta, João Guilherme Clemente da Silva, a quem estamos prestando total apoio, inclusive providenciando a logística da vinda a Maceió de familiares do jogador, que se encontra internado no HGE em condição de saúde estável. O clube reitera o seu compromisso de não corroborar com qualquer tipo de violência, de forma que estaremos atentos a constatação dos fatos para tomarmos as providências cabíveis, colaborando de forma contundente com as autoridades policiais. Desde já manifestamo-nos em completo repúdio e indignação".