Maceió

Jogadora Marta vai ser homenageada com Título de Cidadã Honorária de Maceió

Ascom Câmara | 15/10/19 - 17h45 - Atualizado em 15/10/19 - 18h36

Eleita por seis vezes a melhor jogadora do Mundo pela FIFA e atualmente jogando no Orlando Pride, do EUA, a camisa 10 da Seleção Brasileira, Marta Vieira Silva, natural de Dois Riachos, no Sertão Alagoano, vai ser agraciada pela Câmara Municipal com o Título de Cidadã Honorária de Maceió. A iniciativa é da vereadora Ana Hora (PSD) e o Projeto de Decreto Legislativo que concede a homenagem foi aprovado, em segunda discussão, em sessão ordinária desta terça-feira (15) no Legislativo municipal. A data para que o Título seja entregue a Marta ainda será definida.

“É uma homenagem mais que justa concedermos o Título de Cidadã Honorária de Maceió a uma mulher que levou o nome de Alagoas para todo o mundo e tem honrado, com seu talento e história de vida ímpar, as mulheres alagoanas. Sinto-me muito feliz em poder ser a autora desse Projeto de Decreto Legislativo e espero que a Marta encontre espaço em sua agenda bastante corrida para vir receber esta homenagem”, destacou Ana Hora.

Na ordem do dia da sessão desta terça-feira, os parlamentares aprovaram ainda Projeto de Lei de Silvania Barbosa (PRTB) que institui o Programa de Prevenção ao Suicídio em Maceió, em primeira discussão. Para virar lei, o texto necessita ainda de ser aprovado em segunda discussão.

“O suicídio é um ato completo cuja causa mais comum é um transtorno mental e/ou psicológico que pode incluir depressão, transtorno bipolar, esquizofrenia, alcoolismo e abuso de drogas, ainda dificuldades financeiras e pessoais, entre outros motivos. Em Maceió, para ficarmos no âmbito local, dados da Secretaria de Segurança Pública revelam que, entre 2015 e 2018, 146 pessoas tiraram a própria vida, e que em todo estado elas já são mais de 540. Por todas essas razões, resolvi apresentar o projeto para que o Município de Maceió possa criar políticas públicas no sentido de combater este mal”, disse Silvania Barbosa.

Ainda pela bancada feminina da Casa, a vereadora Fátima Santiago (Progressistas) também teve um PL que passou por votação e que cria a Carteira de Identificação do Autista, a CIA, para os portadores da síndrome na capital.

Também integrante da bancada feminina na Câmara, a vereadora Maria Aparecida (DEM) conseguiu aprovar PL que considera de Utilidade Pública o Instituto Social e Educacional Nova Vida, no Graciliano Ramos. Já Simone Andrade (DEM) requer a construção de um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) em Ipioca.

Já o vereador Siderlane Mendonça (PEN) também teve Projeto de Decreto Legislativo que permite a concessão de Título de Cidadão Benemérito de Maceió a Krerley Irraciel Martins Oliveira. Líder do governo na Casa, o vereador Samyr Malta (PTC), por meio de requerimento, vai homenagear o tenente-coronel da Polícia Militar, José Reinaldo Alves Barreto, com a entrega da Comenda Desembargador Mário Guimarães.
MINUTO - Durante a sessão ordinária, os vereadores fizeram um minuto de silêncio pela morte de um menino de 7 anos, brutalmente assassinado no bairro do Clima Bom, parte alta da Capital. O corpo do garoto foi encontrado nesta segunda-feira com marcas de espancamento e golpes de faca. A solicitação do minuto de silêncio foi do vereador Beto da Farmácia (PROS).