Polícia

Jovem mantida como escrava sexual é resgatada pela polícia em Delmiro Gouveia

Eberth Lins | 14/08/20 - 12h28 - Atualizado em 14/08/20 - 12h45
Foto: Sindpol

Uma jovem mantida como escrava sexual foi resgatada pela Polícia Civil em Delmiro Gouveia, no Sertão alagoano, nessa quinta-feira (13). O caso foi registrado no Povoado Juá, na Zona Rural da cidade.

De acordo com o delegado Daniel Mayer, responsável pelo caso, o resgate ocorreu durante uma operação que investigava exploração sexual de crianças e adolescentes na região.

"A polícia mantém um monitoramento nesses pontos de prostituição e normalmente encontramos pessoas que estão por conta própria. Recebemos a informação de que havia crianças e adolescentes sendo exploradas nesse povoado e de pronto fomos verificar. Não encontramos nenhum caso, mas nos deparamos com essa jovem que durante a conversa relatou que estava sendo obrigada a permanecer e se prostituir no bar", disse Mayer.

A polícia apurou que a jovem se prostituia há cerca de dois anos, no entanto, não precisou quanto tempo a mulher estava sendo mantida em cárcere privado. "A jovem disse disse que sequer recebia pelo trabalho. Todo o dinheiro conquistado na atividade ficava com a dona do bar como pagamento de uma dívida que ela desconhece o valor", acrescentou o delegado.

A proprietária do bar foi presa em flagrante e está à disposição da Justiça. Ela é conhecida na polícia e já tem registro por exploração sexual, segundo o delegado. 

A jovem, por sua vez, foi devolvida ao convívio familiar, na cidade de Ouro Branco.