Polícia

Jovem mata homem após ameaça de relação sexual com sua namorada

TNH1 com Assessoria PCAL | 21/06/22 - 15h37
Arquivo/Ascom PCAL

Uma equipe da 8ª Delegacia de Homicídios da Capital, integrante da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), sob o comando da delegada Rosimeire Vieira, prendeu nesta terça-feira (21) um jovem, de 21 anos de idade, suspeito de assassinato. A identidade do jovem não foi divulgada pela Polícia.

Segundo as investigações, a vítima era José Airton Santos da Silva, de 52 anos, morto dentro de casa, a golpes de faca. O corpo dele foi encontrado dois dias depois, ainda no interior da residência, em estado de decomposição.

O jovem preso nesta terça confessou a autoria do homicídio, e justificou que estava revoltado porque a vítima teria dito que iria ter relações sexuais com sua companheira. Outra motivação, conforme a versão do acusado, foi o fato de que presenciou a vitima se masturbando enquanto via a enteada do acusado, de sete anos de idade, tomando banho, e ainda por ter a mesma vítima se utilizado da cachorrinha da sogra do acusado para se masturbar.

O jovem teve a prisão preventiva decretada pelo juiz da 9ª Vara Criminal da Capital/Tribunal do Júri, Geraldo Amorim. O crime aconteceu no dia 28 de maio deste ano, no bairro de Ponta Grossa, em Maceió.