Polícia

Líder religioso morto dentro de igreja em Arapiraca foi executado, diz polícia

Redação TNH1 | 12/06/19 - 13h33 - Atualizado em 13/06/19 - 07h16
Arquivo TNH1

O líder religioso José Cledimilson dos Santos, morto a tiros dentro de uma igreja evangélica, em Arapiraca, na noite da última sexta-feira, 07, não foi vítima de latrocínio. A informação foi confirmada por uma fonte ligada ao TNH1, dentro da Polícia Civil, nesta quarta-feira, 12.

Segundo ela, os dois indivíduos que entraram no templo não cometeram assalto e foram ao local para executar José Cledimilson. Inicialmente, houve uma informação de que os suspeitos teriam anunciado o roubo e assassinado o líder religioso pois ele não teria nada de valor para entregar. Porém, a polícia não confirmou essa versão.

Ainda de acordo com a polícia, a dupla chegou em uma cinquentinha e observou os participantes do culto antes de invadir e disparar quatro vezes contra José Cledimilson. A motivação do crime ainda não foi descoberta. 

Os suspeitos, que fugiram do local após a morte, ainda não foram localizados. O inquérito segue sem conclusão e pessoas estão sendo ouvidas pela polícia.