Maceió

Maceió antecipa vacinação da 2ª dose da Pfizer a partir deste sábado

Secom Maceió | 07/08/21 - 08h43 - Atualizado em 07/08/21 - 08h54
Secom Maceió

A Prefeitura de Maceió inicia neste sábado (7) o calendário de aplicação da segunda dose da vacina da Pfizer em todos os pontos fixos, com mais uma novidade: o calendário será antecipado para as datas marcadas para até o dia 14 de agosto.

Com a antecipação, quem tem prazo marcado no cartão para se vacinar até o dia 14 poderá aproveitar o Corujão deste sábado e garantir a imunização.

O Corujão segue das 9h até as 21h deste sábado nos drive-thrus de Jaraguá e Serraria e nos shoppings Maceió e Pátio. Nos outros quatro pontos, a vacinação funciona das 9h às 16h.

Neste domingo (8), a vacinação será das 9h às 16h em todos os oito pontos fixos, localizados nos drive-thrus do Estacionamento do Jaraguá e da Justiça Federal (Serraria), Shopping Maceió (Mangabeiras), Shopping Pátio (Cidade Universitária), Praça Padre Cícero (Benedito Bentes), Papódromo (Vergel), Terminal do Osman Loureiro e Ginásio Arivaldo Maia (Jacintinho).

A segunda dose da Astrazeneca também está disponível em todos os pontos. Já a Coronavac está sendo aplicada no Pátio Shopping (Benedito Bentes).

Documentos necessários

Para tomar a segunda dose, é necessário apresentar o documento de identificação com foto e o cartão de vacinação. Quem perdeu o cartão pode solicitar a segunda via no posto onde tomou a primeira dose. Pessoas com deficiência visual que ao tomar a primeira dose tenham recebido o cartão convencional podem solicitar a substituição pelo cartão em braile no ponto onde forem tomar a segunda dose.

Gestantes e puérperas (com até 45 dias após o parto) que tomaram a primeira dose de AstraZeneca devem tomar a segunda dose da Pfizer, desde que apresentem prescrição médica com encaminhamento expresso e assinem autodeclaração no ato da vacinação, conforme recomendação do Ministério da Saúde.

Gestantes e puérperas (com até 45 dias após o parto) que tomaram a primeira dose de AstraZeneca podem tomar a segue a dose da Pfizer, desde que apresentem prescrição médica com encaminhamento expresso e assinem autodeclaração no ato da vacinação.

Denominado intercambialidade, o processo foi autorizado por meio da Nota Técnica 06/2021. “Às mulheres que receberam a primeira dose da vacina AstraZeneca/Fiocruz e que estejam gestantes ou no puerpério (até 45 dias pós-parto) no momento de receber a segunda dose da vacina deverá ser ofertada, preferencialmente, a vacina Pfizer”, informa a recomendação do MS. Na ausência deste, recomenda a nota, deverá ser administrado o imunizante Coronavac.