Maceió

Maceió recebe representantes do Nepal e do Unicef

07/04/16 - 13h06 - Atualizado em 07/04/16 - 13h09


As experiências exitosas da Prefeitura de Maceió para o fortalecimento das políticas voltadas às crianças e adolescentes, e redução das desigualdades sociais estão sendo compartilhadas, nesta quinta-feira (07), com ministros do Nepal e representantes do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) no Brasil.

O prefeito Rui Palmeira recepcionou a comitiva durante solenidade na Associação Comercial, no bairro Jaraguá, e falou da satisfação de Maceió ter sido apontada pelo Unicef como exemplo para a missão. “Estamos muito felizes de receber essa delegação para mostrar o trabalho que vem sendo feito em Maceió pela Prefeitura e o Unicef. Iniciamos os trabalhos da Plataforma dos Centros Urbanos (PCU) em 2013. De início, foi feito o mapeamento das principais áreas de riscos e vulnerabilidade para crianças, jovens e adolescentes. Começamos um trabalho focando muito na educação com ações como reforma de escola e construção de creches integrando os jovens à Plataforma”, detalhou.

Maceió foi a única capital brasileira escolhida por ter resultados positivos em ações que favorecem o público infantil em áreas como Educação, Saúde, Iluminação, Esporte e Cultura. “A delegação nepalesa veio conferir de perto como, mesmo em crise, Maceió tem conseguido realizar investimentos nas áreas mais carentes, sobretudo focados nas áreas de educação, cultura, esporte e assistência social, fortalecendo os conselhos tutelares, reformando escolas nos bairros e construindo creches. São várias ações voltadas para as crianças e adolescentes que, graças a esse trabalho integrado, tem se tornado referência. Isso nos deixa honrados”, disse Rui.

A secretária-executiva do Gabinete do Prefeito e articuladora da Plataforma dos Centos Urbanos do Unicef em Maceió, Juliana Vergetti, detalhou a articulação para a missão na capital alagoana. “Essa missão faz parte de uma cooperação do Nepal com o Unicef Internacional. O Nepal passa por uma transição, saindo da monarquia e adotando outro sistema de governo. O país asiático solicitou indicação de um país e de algumas cidades que eles pudessem visitar e conhecer modelos exitosos de gestão”, explicou.

Reconhecimento do Unicef

O representante e chefe da Plataforma do semiárido do Unicef, Robert Gass, explicou que o Brasil é pioneiro em questões voltadas à infância, a exemplo da instituição do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Segundo Gass, Maceió foi selecionada por ser uma cidade amiga da criança e a comitiva deseja aprender mais como garantir o direito das crianças nos municípios.

“Aqui em Maceió, temos uma equipe liderada pelo prefeito Rui Palmeira, mas com a participação de Secretarias, como Educação, Saúde e Assistência Social, que estão avançando nas garantias dos direitos das crianças. É importante destacar que aqui, a participação dos adolescentes é um destaque. Eles têm participado desde o diagnóstico e têm aconselhado e apresentando não somente problemas, mas também soluções”, complementou Gass.