Mundo

Mais de 2 mil fetos são encontrados em casa de médico, nos Estados Unidos

Revista Crescer | 16/09/19 - 07h39 - Atualizado em 16/09/19 - 07h45
Reprodução/ Youtube/ WNDU-TV South Bend

Autoridades contabilizaram 2.246 fetos de diferentes idades gestacionais na casa do médico Ulrich Klopfer, em Illinois, nos Estados Unidos. Preservados, os corpos foram encontrados, a princípio, pela família, que organizava a casa dele depois de sua morte, no último dia 3 de setembro. Então, a polícia foi alertada e iniciou a investigação, segundo um comunicado do departamento investigativo de Will County.

"A família está cooperando totalmente. Não há evidência de que procedimentos médicos foram realizados na residência", diz a polícia, na nota oficial. A polícia não informou como os corpos foram preservados. 

Ulrick Klopfer era conhecido por fazer abortos ao longo de sua carreira de 43 anos e dizia que nunca havia perdido uma paciente. A licença médica dele foi caçada em 2016. "Mulheres engravidam, homens, não. Precisamos respeitar a decisão que cada mulher acha melhor para a sua vida. Eu não estou aqui para ditar regras a ninguém, nem para julgar", teria dito Klopfer, em uma palestra, segundo o jornal The New York Times.