Polícia

Militar de Alagoas é detido durante negociação de armas na região metropolitana de Recife

07/08/18 - 08h26 - Atualizado em 07/08/18 - 10h54
Internet

Um policial militar do 6º Batalhão da Polícia Militar de Alagoas, com sede em Maragogi, foi detido na tarde dessa segunda-feira (6) em um posto de combustíveis em Jaboatão dos Guararapes, região metropolitana de Recife (PE).

De acordo com a Polícia Civil pernambucana, o cabo Gedalias Miguel da Silva estava acompanhado de Charles Francisco Dantas Junior, em uma negociação para adquirir uma bazuca do colecionador André Filipe Cardoso Lemos Santiago. Todos foram presos em flagrante.

Ainda segundo a Polícia Civil, a arma seria usada em crimes patrimoniais na região pelo militar e por Charles Francisco. No entanto, em contato com o TNH1, o 6º BPM, onde Gedalias Miguel é lotado, afirma que o flagrante deve ser anulado em audiência de custódia marcada para ocorrer nesta terça às 11h.

Segundo o batalhão, a arma que estava sendo adquirida é obsoleta e não configura crime. Além da bazuca, foi apreendida uma pistola modelo PT 100, do patrimônio da PMAL, um revólver calibre 357 e 90 projeteis intactos calibre 38.

O caso foi registrado no Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais, em Recife, onde o militar ficou detido.

A Polícia Militar de Alagoas informou, por meio de nota, que está ciente do fato e aguarda a oficialização da prisão por parte da Polícia Civil pernambucana, para que a Corregedoria realize "todas as providências que o caso requer".