Mundo

Militares sequestrados por indígenas fazem apelo a Maduro

Quatro membros da Guarda Nacional foram capturados em resposta à morte de dois índios em confronto

Notícias ao Minuto | 23/02/19 - 14h46 - Atualizado em 23/02/19 - 14h47
Reprodução

Quatro membros da Guarda Nacional Bolivariana (GNB) continuam sequestrados, neste sábado (23), por indígenas venezuelanos em algum lugar próximo à cidade de Santa Elena, na fronteira com o Brasil.

O sequestro está sendo uma resposta das comunidades indígenas locais ao assassinato de dois de seus integrantes (outras versões falam em três mortes), na última sexta, quanto tentavam impedir a passagem de militares que iriam bloquear a região e impedir a chegada de ajuda internacional.

No Twitter, uma das sequestradas, a tenente Grecia Del Valle Roque Castillo, fez um apelo ao presidente Nicolás Maduro e ao ministro da Defesa, general Vladimir Padrino López.

"Presidente, veja o que está acontecendo, veja que não podemos fazer nada", declarou. Veja abaixo.