Maceió

Moradores da Vila Emater voltam a fechar a AL-101 em protesto contra suposta violência policial

Redação TNH1 | 22/01/22 - 10h32
Foto: Reprodução

Familiares e vizinhos de Walquides Santos, conhecido como Everton, morador da Vila Emater, em Jacarecica, voltaram a protestar, na noite dessa sexta-feira (21). No protesto, as duas vias da AL-101 Norte, nas proximidades da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) foram fechadas com pneus, pedras e madeiras. Os manifestantes também atearam fogo nos materiais.

O Gerenciamento de Crises da Polícia Militar foi acionado e, após algumas horas, conseguiu a liberação das pistas.
O Corpo de Bombeiros também foi acionado para apagar as chamas.

Entenda o caso -  Walquides Santos foi baleado durante uma ação da polícia na comunidade no último dia 13 e está internado no Hospital Geral do Estado (HGE) de onde deve sair preso. Ele foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo e, segundo a polícia, esteve em confronto quando foi atingido numa troca de tiros.

Já a versão da família de Everton é de que ele foi preso injustamente. Parentes, amigos e vizinhos afirmam que Everton é trabalhador e que não houve a troca de tiros, que teria usado de violência enquanto esteve na comunidade.