Maceió

Moradores de Guaxuma realizam ato para denunciar desmatamento de área verde

Redação TNH1 | 27/07/20 - 08h05 - Atualizado em 27/07/20 - 09h38
Cortesia ao TNH1

Moradores do bairro Guaxuma, em Maceió, realizaram um ato na manhã desta segunda-feira, 27, para denunciar desmatamento de área verde no projeto de duplicação da AL-101 Norte. Segundo os manifestantes, uma representação foi dada ao Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL), no último dia 21, no qual é solicitada a suspensão das obras.

“Esse novo projeto foi modificado sem aviso aos moradores, sem audiência pública. Querem destruir toda a frente de área verde, preservada por nós moradores, há mais de 30 anos”, afirmou Lindair de Moraes Amaral, um dos moradores. 

O grupo usou faixas com frases como "Rodovia sem preservação é destruição" e colocou pneus na pista para chamar a atenção de motoristas e pedestres que passavam pelo local. Uma faixa da via foi liberada para o tráfego de veículos desde o início do protesto.

Ainda de acordo com os manifestantes, a obra vai destruir parte de uma via de rolamento em frente às casas dos moradores da Rua Xavier de Araújo. “Além de devastar essa parte ambiental, querem tirar mais da metade da rua em que moramos”, continuou Lindair.

O TNH1 entrou em contato com a Secretaria de Estado de Transporte e Desenvolvimento Urbano (Setrand) e foi informado de que a volta prevista no projeto de duplicação da rodovia não será mais realizada e não vai atingir mais a área verde da região.

"A Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Setrand) informa que o retorno previsto no projeto de duplicação da rodovia AL-101 Norte, que que atenderia, sobretudo, os moradores da área, nao será mais realizado, e não afetará, consequentemente, a área verde existente no local. O retorno para acesso à região será mais adiante, na mesma rodovia, também já existente no projeto".