Maceió

Moradores fecham Ecovia Norte em protesto contra falta d’água

Da redação | 23/08/21 - 17h59 - Atualizado em 23/08/21 - 19h28
Protesto reúne dezenas de moradores do Aprígio Vilela e congestiona trânsito na Ecovia Norte | Luciano Steiger/Cortesia ao TNH1

Dezenas de moradores do Conjunto José Aprígio Vilela, no Benedito Bentes, fecharam trecho da Ecovia Norte, em Maceió, em protesto contra a falta d’água no residencial. Eles interditaram a pista, no final da tarde desta segunda-feira (23), com alguns móveis, galhos de árvore e até pedaços de concreto, ateando fogo em pneus e impedindo a passagem dos veículos. Apenas motocicletas estavam sendo liberadas em meia pista. Até o horário de atualização dessa matéria, a via seguia parcialmente bloqueada.

De acordo com Leonardo Steiger, morador da região, a comunidade resolveu realizar o protesto em decorrência da falta de respostas para o problema que, segundo ele, já se arrasta há três meses.

“Nós entramos em contato por diversas vezes com a Casal [Companhia de Saneamento de Alagoas] e, depois com a BRK [nova concessionária responsável pelo abastecimento d’água na região], mas nada foi feito. Agora, sempre que ligamos, dizem que não há nenhuma reclamação de falta de água aqui no Aprígio”, conta Leonardo, acrescentando que os moradores só pretendem cessar a manifestação quando algum representante da BRK se fizer presente.

Guarnições da Polícia Militar acompanham o protesto, que logo provocou um longo congestionamento na região, já que a via é usada como alternativa. “A polícia manteve contato com a empresa [BRK], que prometeu mandar um representante. Estamos aguardando uma solução”, emendou o morador.

Por meio de nota, a BRK informou que o conjunto Aprígio Vilela é abastecido diretamente por poços operados pela Casal e que está verificando junto à Casal o funcionamento dos poços que estão interligados na rede de distribuição. Leia a nota na íntegra:

NOTA

A BRK Ambiental informa que o residencial Aprígio Vilela é abastecido diretamente por poços operados pela Casal. A empresa ressalta que não está realizando nenhuma intervenção no local e que já está verificando com a Casal, responsável pelo sistema produtor de água, o funcionamento dos poços que estão interligados na rede de distribuição. A BRK enviou uma equipe técnica ao local, junto com funcionários da Casal, para avaliar a situação e identificar o motivo da falta de água na região, solucionando o problema assim que possível.

BRK Ambiental