Polícia

Morre morador de rua que teve 80% do corpo queimado em Arapiraca

Dayane Laet | 22/03/19 - 06h21 - Atualizado em 22/03/19 - 07h31
Paciente estava internado em Arapiraca | TNH1 / Arquivo

O Serviço Social do Hospital de Emergência do Agreste (HEA) informou hoje que o morador de rua que teve 80% do corpo queimado morreu no final da noite dessa quarta-feira (20).

José Augusto Cordeiro da Silva, 27 anos, estava internado desde o último domingo (17), depois de ser atacado quando dormia embaixo de uma marquise, nas proximidades do Mercado Municipal de Arapiraca. De acordo com informações do HEA, “o paciente morreu por conta de uma infecção generalizada e falência múltipla dos órgãos, devido às queimaduras”.

A unidade de saúde informou ainda que o paciente estava na UTI e não tinha condições físicas de ser transferido para a Central de Tratamento de  Queimados,  em Maceió, devido ao estado gravíssimo que estava.

Investigação

Segundo o delegado responsável pelo caso do morador de rua, Fernando Lustosa, a polícia já teve acesso a uma das câmeras de vídeo instaladas no local, porém não conseguiu capturar a chegada dos autores do crime. 

Lustosa também informou que encaminhou policiais para buscar novas câmeras que tenham melhores imagens da ação e que ouve testemunhos de moradores de rua que afirmam ter presenciado a cena. 

Denúncias poderão ser feitas anonimamente através do telefone 181.