Geral

Morre Valdir Espinosa, campeão mundial com passagens pelo CSA e CRB

Eberth Lins | 27/02/20 - 11h11 - Atualizado em 27/02/20 - 11h44
Foto: Agência RBS

Morreu nesta quinta-feira (27), aos 72 anos, o ex-jogador e treinador Valdir Espinosa. Atual gerente de Futebol do Botafogo, Valdir morreu vítima de complicações de uma cirurgia no abdômen.

Campeão mundial pelo Grêmio, em 1983, quando comandou o time nas Libertadores e no Mundial, Valdir Espinosa também era muito popular em Alagoas, onde atuou como jogador no CSA e CRB, e também como treinador do CRB, na década de 80.

"Em Alagoas, Valdir foi destaque como jogador do CRB e do CSA nos anos 70 e praticamente iniciou a vida como treinador aqui no Estado na década de 80, quando treinou o CRB. Só depois ele foi para o Esportivo de Bento Gonçalves e para o Grêmio", lembrou César Pita, do Pajuçara Futebol Clube, da Rádio Pajuçara FM, 103,7.

O ex-jogador e treinador passou por uma cirugia no último dia 17 e voltou a ser internado no dia 20, apresentando complicações no quadro. 

Valdir Espinosa era nascido em Porto Alegre e como profissional do futebol rodou o Brasil e o mundo, tendo passagens em Las Vegas, Paraguai e Japão.