Interior

MP notifica organização de evento para 300 pessoas em São Miguel dos Milagres

Eberth Lins | 21/09/20 - 12h59 - Atualizado em 21/09/20 - 13h04
Foto: Blog da Nide Lins/Arquivo

A divulgação de um evento privado para 300 pessoas na paradisíaca São Miguel dos Milagres, litoral Norte de Alagoas, chamou atenção do Ministério Público Estadual (MPE). Nesta segunda-feira (21), o promotor Ary de Medeiros, da Promotoria de Justiça de Passo de Camaragibe, informou que expediu uma notificação cobrando explicações da organização do "Milagres do Toque beach club" em relação aos cuidados que serão adotados para evitar contaminação pela Covid entre os participantes.

"O Ministério Público recebeu a denúncia de que o evento será realizado e diante disso instauramos procedimento para saber quais providências os responsáveis vão adorar visando a situação de pandemia. Requisitamos e estamos aguardando respostas", disse o promotor.

O evento está marcado para o dia 25 de setembro, próximo sábado, a partir das 10h, e na rede social da organização está sendo anunciado como uma oportunidade de desfrutar do destino turístico com "exclusividade, conforto e segurança, respeitando o protocolo de distanciamento social".

Organização diz que ambiente trabalha com 45% da capacidade  

Em entrevista pelo WhatsApp ao TNH1, Gustavo Hack da organização, explicou as medidas sanitárias tomadas. Segundo ele, o local tem capacidade para 650 pessoas, mas por conta da pandemia do novo coronavírus está liberando entrada de apenas 300. 

"Primeiramente venho informar que não se trata de evento, e sim um day use (bar + música ao vivo). Ocorre que todos os fins de semanas, existem uma atração para entreter todos os frequentadores do milagres do toque beach club.
O estabelecimento está tomando todas as medidas de segurança em relação ao Covid-19, bem como o decreto estadual e as diretrizes da OMS.  Atualmente temos um espaço de 2.300 metros quadrados, e com capacidade de 650 pessoas. Entretanto, diante da pandemia que estamos enfrentando só estamos trabalhando com um público de 300 pessoas, ou seja, 45% de nossa capacidade", alegou.

"Na oportunidade, informamos também que haverá pontos de distribuição espalhados de máscaras, informativos exemplificativo e  álcool em gel em todo beach club. Por fim, sobre o despacho do representante do Ministério Público, já estamos providenciando as solicitações exigidas pelo mesmo", acrescentou Gustavo.