Maceió

MPE recebe associação de moradores do Pinheiro e se compromete em analisar reivindicações

Ascom MPE | 08/07/21 - 13h55 - Atualizado em 08/07/21 - 13h59
Ascom MPE

O Ministério Público do Estado de Alagoas recebeu na manhã de hoje (quinta-feira- 08), uma comissão de integrantes do Movimento Unificado de Vítimas da Braskem (MUVB), onde ficou deliberado que o MPAL irá se reunir com as demais instituições que compõem a Força-Tarefa para discutir os pleitos formulados por aquela entidade e apresentar uma resposta até o próximo dia 16. 

A principal reivindicação dos manifestantes é sobre a abertura de um procedimento para mediação e auto composição, por parte dos Ministérios Públicos Estadual e Federal e das Defensorias Públicas Estadual e da União, para que o MUVB possa participar de novas tratativas do acordo com a mineradora Braskem. 

Como o encontro ocorreu apenas com promotores de Justiça do MPAL, no prédio do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça (CAOP), foi assumido o compromisso de que os membros do órgão ministerial se reunirão com as demais instituições para discutir a possibilidade de instauração desse procedimento, cuja resposta será apresentada, conjunta e formalmente, ao Movimento na sexta-feira dia 16 de julho do corrente.

Durante a conversa, o Ministério Público do Estado de Alagoas disse aos moradores dos bairros afetados pela exploração da sal-gema que entende o sofrimento pelo qual eles passam e reafirmou o seu compromisso na busca por justiça em favor daquelas comunidades afetadas, juntamente com as demais instituições que foram signatárias do acordo.