Polícia

Mulher é presa suspeita de tentar sacar FGTS com documento falso

Da Redação, com assessoria | 24/08/21 - 19h14 - Atualizado em 24/08/21 - 19h16
Prisão foi realizada por policiais civis da Oplit em agência bancária da capital | Ascom PC-AL

Policiais civis da Operação Policial Litorânea Integrada (Oplit) prenderam, nesta terça-feira (24), uma mulher suspeita de tentar sacar um valor do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) com um documento falso. Segundo a polícia, a mulher tentou sacar indevidamente o benefício em uma agência da Caixa Econômica Federal do bairro de Pajuçara, em Maceió.  

A acusada teria apresentado dois RGs com fotos de pessoas diferentes e emitidos por estados diferentes, ambos com o mesmo nome de uma mulher.

Após os policiais confrontarem as informações, a mulher de 39 anos revelou seu verdadeiro nome e disse que havia sido contratada por um homem, que não sabia identificar, tendo saído, por volta das 4h da manhã, da cidade do Recife-PE para efetuar o saque em Maceió.

A suspeita foi conduzida para a Superintendência Regional da Polícia Federal, em Jaraguá, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante pelo crime de estelionato.