Polícia

Mulher é presa tentando entrar em presídio com maconha escondida em sabonete

Da Redação, com assessoria | 26/08/21 - 14h08 - Atualizado em 26/08/21 - 14h29
Maconha estava escondida em duas barras de sabonete que seriam entregues a reeducando | Divulgação Seris

Uma mulher foi presa, no início da tarde desta quinta-feira (26), tentando entrar no Presídio Cyridião Durval e Silva, em Maceió, com material entorpecente. A jovem de 31 anos foi flagrada durante o procedimento de revista realizado pelos policiais penais da unidade, que também contaram com o apoio da equipe da Divisão de Inteligência da Polícia Penal.

A maconha foi localizada no interior de duas barras de sabonete que seriam entregues a reeducando do módulo 4 do Cyridião Durval.

A mulher recebeu voz de prisão e foi conduzida por policiais do Grupamento de Escola, Remoção e Intervenção Tática (Gerit) à Central de Flagrantes, no bairro do Pinheiro, onde deve ser autuada por tráfico de drogas.

E o número de apreensões no sistema prisional alagoano chama a atenção, mesmo com a suspensão das visitas, em março, devido à pandemia da Covid-19. Isso porque, somente este ano, foram 22 apreensões de materiais ilícitos.

Desse total, 13 visitantes foram pegas com algum tipo de entorpecente, segundo levantamento do setor de estatística da Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) - que atribuiu os flagrantes ao investimento em ferramentas como o bodyscan (scanner humano) e à experiência do servidor penitenciário.