Saúde

Municípios iniciam a retirada de novas doses da vacina contra a Covid-19

Agência Alagoas | 04/03/21 - 17h56 - Atualizado em 04/03/21 - 18h18
Thiago Duarte/ Agência Alagoas

Após a chegada de mais uma remessa de doses da vacina contra o novo coronavírus, os municípios que fizeram o agendamento prévio começaram a fazer a retirada do imunizante nesta quinta-feira (4). As doses da vacina CoronaVac foram enviadas pelo Ministério da Saúde (MS) e estão acondicionadas nas Centrais Estaduais de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos, localizadas em Maceió e em Arapiraca.

Do total das 28.800 doses recebidas em Alagoas, foram distribuídas 3.610 doses para nove municípios alagoanos. Esse quantitativo é equivalente a primeira dose da CoronaVac, que irá contemplar a população de idosos com 78 anos completos.

A capital alagoana foi a cidade que mais recebeu imunizantes, com um total 2.870 doses, seguida por São Miguel dos Campos (150), Coruripe (130), Marechal Deodoro (120), Atalaia (110), Maragogi (70), Matriz de Camaragibe (70), São José da Laje (70) e Jacuípe, com 20 doses recebidas.

Seguindo as determinações do MS, o Programa Nacional de Imunização em Alagoas (PNI/AL), órgão ligado à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), recebe, cadastra no sistema os imunobiológicos e faz a distribuição das doses para os municípios, segundo o quantitativo definido pelo PNI/AL.

Segundo Gustavo Viana, responsável técnico pela logística do PNI/AL, é de responsabilidade das Secretarias Municipais de Saúde a administração das vacinas. “Fica a cargo de cada município garantir o armazenamento correto das vacinas que devem, no caso do imunizante contra a Covid-19, ser mantido a uma temperatura entre 2° e 8° graus Celsius. A esfera municipal também é responsável pela aplicação dos imunobiológicos para a população, assim como, por determinar os locais de vacinação, realizar o registro das doses no sistema e monitorá-las”, informou o técnico do PNI/AL.