Nordeste

No Piauí, cubano é rejeitado para vaga de gari por ser médico

Fala Brasil | 15/07/19 - 09h08
Raymel Kessel | Reprodução / Arquivo Pessoal

Raymel Kessel, de 39 anos, ficou desempregado desde que deixou o programa Mais Médicos, quando Cuba e Brasil romperam a parceria. O médico que trabalhava no Piauí se candidatou à vaga de gari, mas foi rejeitado justamente por causa da profissão.

"