Saúde

Número de mortes pela gripe H1N1 chega a 8 em Alagoas

Deborah Freire | 12/06/19 - 12h04 - Atualizado em 12/06/19 - 16h04

O número de mortes pela gripe H1N1 subiu para oito em Alagoas, segundo boletim divulgado nesta quarta-feira (12) pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

Do dia 1º de janeiro até agora, já estão confirmados 78 casos da doença, que tem aumentado a cada mês. Até o final de maio, ainda de acordo com os dados da Sesau, eram 35 casos, o que revela que o número mais que dobrou em 12 dias.

Vacinação

A Campanha de Vacinação contra a Influenza ultrapassou a meta mínima de 90% estabelecida pelo Ministério da Saúde para imunização em Alagoas.

Até esta quarta-feira (12), foram vacinados 97,13% do público-alvo, o que corresponde a 851.778 pessoas, das 876.935 preconizadas.

Os integrantes do público-alvo que não tomaram a vacina devem procurar os serviços de saúde dos municípios.

Além disso, crianças de até dois anos de idade que completaram 30 dias da primeira dose da vacina já podem tomar a segunda dose nos postos de saúde.

A Sesau explica que o organismo leva em média de 10 a 15 dias desde o recebimento da vacina até a produção de anticorpos.

Para prevenir a gripe, são recomendáveis algumas medidas simples para vacinados ou não vacinados:

• Higienizar as mãos com a maior frequência possível;

• Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;

• Utilizar o lenço descartável para higiene nasal;

• Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;

• Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

• Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;

• Manter os ambientes bem ventilados, evitado aglomerações em ambientes fechados;

• Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de Influenza;

• Procurar o serviço de saúde ou a orientação do médico diante dos sinais de gravidade.