Polícia

Operação desarticula organização criminosa que praticava tráfico de drogas em União

Ascom SSP | 04/09/20 - 08h23 - Atualizado em 04/09/20 - 10h16
Foto: Cortesia / Ascom SSP

A Secretaria de Estado da Segurança Pública de Alagoas (SSP), em parceria com unidades das Polícias Civil e Militar, deflagrou  nesta sexta-feira (04), uma operação com o objetivo de prender integrantes de uma organização criminosa que vinha atuando na prática de tráfico de drogas em União dos Palmares.

A investigação teve início em março deste ano, fruto de um trabalho integrado entre o delegado Gustavo Henrique, diretor da Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic) e o 2º Batalhão de Polícia Militar.

Durante os trabalhos investigativos, ficou constatada a existência de uma organização criminosa que praticava suas ações delituosas no bairro Roberto Correia de Araújo, conhecido como Terrenos.  

Com base nas provas técnicas resultantes da investigação, a Deic realizou a representação dos pedidos de prisão à 17ª Vara Criminal e foram expedidos 26 mandados, sendo 13 de prisão e 13 de busca e apreensão. 

Guarnições do 2º e 6º Batalhões, 2ª e 3ª Cia Independentes, da Polícia Militar, coordenados pelo comandante do 2° BPM, Maj Santos, além de equipes do TIGRE, NI, Seçao de Capturas da DEIC e Asfixia, da Polícia Civil, além do Grupamento Aéreo, cumpriram os mandados nas primeiras horas da manhã de hoje.


Durante a operação foram presas dez pessoas e apreendidas armas, drogas e munições. Todos os presos foram levados para a sede da DEIC, no bairro da Santa Amélia, em Maceió, para a realização dos procedimentos legais cabíveis. 

O Delegado Gustavo Henrique destacou, mais uma vez, a importância da união entre as forças de segurança do estado, sob a coordenação do Secretário de Segurança Pública, Lima Júnior, que tem trazido resultados extremamente positivos para a Segurança Pública em Alagoas.

A população pode contribuir com o trabalho da Segurança Pública repassando informações sobre esta e outras organizações criminosas utilizando o Disque–Denúncia. As denúncias podem ser enviadas por meio do aplicativo para smartphone ou podem ser feitas por meio do número 181. A ligação é gratuita e o sigilo garantido.