Polícia

Operação do BPtran apreende armas e mais de 16 kg de maconha e cocaína em Maceió

Ascom BPtran | 06/03/21 - 14h23 - Atualizado em 06/03/21 - 14h30
Foto: Cortesia / BPtran

Durante ações distintas, a guarnição da Força Tática do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) apreendeu cinco armamentos e mais de 16 quilos de entorpecentes em bairros de Maceió, nessa sexta-feira (05).

Uma das ocorrências foi registrada no conjunto Village Campestre, no bairro Cidade Universitária. Os militares realizavam patrulhamento quando receberam informações do Serviço de Inteligência do Estado-Maior Geral (EMG) da Polícia Militar sobre uma denúncia de que um indivíduo receberia uma carga de droga na região.

Os policiais então se dirigiram ao local indicado na Rua Padre Cícero e conseguiram identificar o suspeito. Após a abordagem, foi verificado que ele estava com 11 quilos de maconha, 70 gramas de cocaína e uma balança de precisão. Durante a entrevista policial, o jovem de 22 anos afirmou que em sua residência havia uma arma de fogo, fato constatado em seguida, com a devida autorização para a realização da busca domiciliar.

O infrator também informou que em uma casa do Povoado Riacho, em Barra de Santo Antônio, havia mais armas. Os militares se dirigiram até o local e encontraram mais quatro armamentos em um imóvel abandonado. No total, além da droga foram apreendidas cinco espingardas, sendo duas de calibre .20 e três de calibre .32.

Diante dos fatos, o infrator foi encaminhado à Central de Flagrantes I, no bairro do Farol, e, em seguida, autuado conforme a legislação vigente pela Polícia Judiciária.

Já no bairro do Poço, a Força Tática do BPTran, também após denúncias e levantamentos da P2 do EMG, apreendeu 3,7 quilos de maconha, 400 gramas de crack, duas balanças de precisão e um caderno com anotações do tráfico dentro de uma casa localizada na Avenida Capitão Marinho Falcão. 

O local estava alugado para uma mulher, que não foi encontrada durante a ação. A entrada no domicílio foi autorizada pelo proprietário do imóvel, que tinha uma chave reserva, e testemunhou o flagrante. Todo o material recolhido foi levado à Central I, onde foi confeccionado o auto de Apreensão e Apresentação junto à Polícia Civil.