Polícia

Operação policial prende suspeitos de crime durante festa ilegal em chácara de Pilar; vídeo

15/08/20 - 08h59 - Atualizado em 15/08/20 - 09h33

Após denúncia anônima, policiais da delegacia de Pilar, do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e do 8º BPM, sob o comando do delegado Sidney Tenório, prenderam, na madrugada deste sábado quatro pessoas suspeitas de práticas de crime na região.

Eles participavam de uma festa em uma chácara, na periferia de Pilar, a 40 quilômetros de Maceió. O evento ocorria de forma ilegal, já que as aglomerações estão proibidas no município por causa da pandemia do novo coronavírus.

De acordo com o delegado Sidney Tenório, entre os presos está um homem acusado de assassinar Jorge Luiz da Silva, de 20 anos a facadas, em Pilar, no último mês de maio. Ele tinha mandado de prisão expedido pela juíza Renata Malafaia.
A polícia ainda apreendeu duas armas e uma moto roubada.

“Muito importante frisar o apoio da população em denunciar essas práticas ilegais, inclusive de festas de aglomerações, fato esse que será apurado na próxima semana”, disse o delegado Sidney Tenório, ao ressaltar a integração entre as polícias, o MP e a Justiça.