Polícia

Operação prende suspeitos de tráfico, roubo e homicídio no Sertão alagoano

João Victor Souza | 07/07/22 - 08h39
Cortesia ao TNH1

A operação conjunta entre as polícias Civil e Militar, deflagrada na cidade de Delmiro Gouveia, no Sertão alagoano, na manhã desta quinta-feira, 07, resultou na prisão de três pessoas suspeitas de tráfico de drogas, roubo e homicídio na região.

Segundo informações da Polícia Militar, dois detidos tinham envolvimento na morte de um homem a tiros no dia 5 de junho, no bairro Pedra Velha, e tiveram os mandados de prisão expedidos pela Justiça. Lucielmo Gomes dos Santos, vulgo “Chuchu”, de 43 anos, foi assassinado em um suposto "acerto de contas" por também ter ligação com crimes na cidade.

Ainda de acordo com a polícia, o terceiro suspeito foi capturado após ter sido flagrado com uma quantidade de drogas. O total de entorpecente apreendido ainda não foi divulgado. Balança de precisão, caderno de anotações e dinheiro também foram recolhidos.

Veja vídeo:

Ao TNH1, o comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM), tenente-coronel Diogo, confirmou que os presos são de alta periculosidade. "Eles têm envolvimentos com outros homicídios, são perigosos. Os presos foram encaminhados à delegacia, onde ficam reclusos e à disposição do Poder Judiciário. Não temos o quantitativo da droga apreendida, pois ainda vai ser pesada", declarou.

Além do 9º Batalhão, participaram da ação os agentes da Radiopatrulha, do Pelopes e do Copes Caatinga. O delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti, da 1ª Delegacia Regional de Polícia, coordenou a operação.

Homicídio de "Chuchu" - Lucielmo Gomes dos Santos, o "Chuchu", morreu após ser atingido por tiros à queima-roupa próximo de um bar no bairro Pedra Velha, há aproximadamente um mês. Ele estava bebendo no estabelecimento quando teria sido chamado para fora por um conhecido. Ao se aproximar, foi recebido pelos disparos.

A polícia informou que "Chuchu" tinha ligação com o mundo do crime, com passagens por furto e tráfico de entorpecente.