Polícia

Operação Recuperatio: mais dois foragidos são capturados em AL e PB

Redação TNH1 com Ascom PC-AL | 20/09/19 - 17h36 - Atualizado em 20/09/19 - 17h37
Um dos presos foi levado para a delegacia de Arapiraca | Arquivo TNH1

A polícia deu continuidade à Operação Recuperatio, que visa cumprir dezenas de mandados de prisão em aberto de processos antigos, e prendeu mais dois foragidos nesta semana. As detenções foram realizadas em Arapiraca, no Agreste alagoano, e no município de Teixeira, no interior da Paraíba. A informação foi divulgada pela assessoria da Polícia Civil nesta sexta-feira, 20.

Um dos presos foi identificado como Cosme da Costa e responde a processo por embriaguez ao volante, registrado em 2016. Ele estava foragido desde 2017 e foi capturado no bairro de Baixa Grande, em Arapiraca, por civis da 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Arapiraca (4ª DRP), coordenada pelo delegado Everton Gonçalves.

Já o segundo preso se chama José Edvan Campos, que responde por roubo. Ele era considerado foragido desde 2016, mas o processo de furto qualificado é do ano de 2011. José Edvan foi encontrado pela Delegacia de Roubos e Furtos de Patos, na Paraíba, sob o comando do delegado Diego Brandão. Ele acabou preso em Teixeira, na Região Metropolitana de Patos. Os detidos já estão à disposição da Justiça.

Na primeira etapa da "Recuperatio", foram presos Gilardo da Silva Malta, conhecido como “Gil”, de 38 anos, em decorrência de um processo de lesão corporal (violência doméstica), do ano de 2013; José Adeilton da Silva, de 29 anos, devido a processo de roubo, praticado no ano de 2016; e Bruno José dos Santos, o “Júnior”, de 30 anos, por conta de um processo de crime de trânsito, datado do ano de 2015. As prisões aconteceram em Arapiraca.

A operação teve início no último dia 11 e segue por tempo indeterminado, até que sejam cumpridos todos os mandados pendentes expedidos pela Justiça, naquela região alagoana.

O delegado Everton Gonçalves solicita à população que continue a denunciar crimes pelo Disque-Denúncia (181), ferramenta importante no combate ao crime.