Polícia

Parentes de detentos bloqueiam rodovia em protesto por limitação de visitas

Dayane Laet | 20/04/19 - 14h34 - Atualizado em 20/04/19 - 17h00
Familiares bloquearam os dois sentidos da pista | Cortesia ao TNH1

Parentes de presos fizeram um protesto neste sábado (20) em frente ao Sistema Prisional, na BR-104, Cidade Universitária, parte alta de Maceió. Os dois sentidos da rodovia foram bloqueados e o trânsito ficou complicado. A Polícia Militar foi acionada e a pista foi liberada pouco antes das 13h.

O presidente do Sindicato dos Agentes Pentenciários (Sindapen), Petrônio Lima, informou ao TNH1 que foi tomada uma medida de prevenção e controle de segurança, já que o sistema prisional está superlotado.

“As instalações comportam 400 reeducandos mas hoje esse número passa de 800, além disso recebemos cerca de 200 visitantes. É perigoso, principalmente por conta  da estrutura sucateada”, explicou Lima.

Ainda de acordo com o presidente do Sindapen, o Conselho de Políticas Penais aconselha que sejam liberados para cada agente, dez visitantes. “Não temos efetivo suficiente para garantir a segurança de quem chega ao sistema, por isso tivemos de limitar o número de visitantes. Não podemos arriscar a vida das famílias, que chegam ao sistema com crianças de colo, por exemplo”, argumentou.

Em nota, a Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) declarou que trabalha incansavelmente para garantir a segurança no cárcere. Desta forma, medidas administrativas foram tomadas neste sábado (20) para a continuidade da ordem e disciplina no sistema prisional, ocasionando na limitação do número de visitas no Presídio Cyridião Durval de Oliveira e Silva. A Seris informa ainda que todas as providências estão sendo analisadas para normalização das visitas na unidade.