Alagoas

Pensionistas da Polícia Militar estão sem receber benefício há 9 dias

TNH1 | 08/08/18 - 11h25 - Atualizado em 08/08/18 - 12h04
Beneficiários estão com problemas nas contas da Caixa Econômica | DR

O pagamento de pensões por morte a familiares de policiais militares de Alagoas está atrasado desde o dia 30, por causa de um problema na vinculação de contas bancárias novas a contas antigas dos beneficiários junto à Caixa Econômica Federal, por onde eles recebiam o valor.

“Fomos informados que foi aberta uma nova conta da Caixa, mas quando vamos sacar o dinheiro, o CPF do meu pai não está batendo com o dessa nova conta. É outro CPF. Assim como está acontecendo com outras pessoas pensionistas”, relatou Estefany Alan, filha de uma pensionista.

Segundo ela, cerca de 170 pessoas estão na mesma situação e sendo informadas que não há previsão para o problema ser resolvido.

“Há oito anos minha mãe recebe normalmente a pensão e nunca teve esse problema. Estamos desde segunda correndo atrás, e sendo avisados que o dinheiro ia cair na conta e até agora nada. O dinheiro segue preso", acrescentou.

O Portal TNH1 entrou em contato com a Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), que informou que as medidas para resolver o pagamento estão sendo tomadas junto à Caixa Econômica Federal.

"De modo geral, o problema ocorre por conta de inconsistências encontradas em informações na hora da vinculação das contas. Em muitos casos, por exemplo, o número do CPF cadastrado estava errado e, por este motivo, não é possível realizar o pagamento. É importante salientar, no entanto, que os casos estão sendo acompanhados de perto e que, em breve, os pagamentos serão feitos".