Polícia

PF cumpre mandados em AL e PE contra suspeitos de superfaturar combustível fornecido a prefeitura

Três mandados estão sendo cumpridos em Maceió, um em Satuba, um em Santa Luzia do Norte e um em Bom Conselho (PE)

TNH1 com PF-AL | 13/03/19 - 07h22 - Atualizado em 13/03/19 - 10h11
Operação cumpre mandados em Alagoas e Pernambuco | Assessoria PF

Cerca de 35 agentes da Polícia Federal (PF-AL) cumprem mandados de busca e apreensão em duas cidades no interior de Alagoas e uma no interior de Pernambuco, nesta quarta-feira (13). O alvo são documentos que comprovem fraudes licitatórias na cidade de Santa Luzia do Norte, no interior de Alagoas.

Durante a investigação, verificou-se a dispensa irregular de licitação e de certame licitatório para fornecimento de combustíveis com direcionamento de contratação e de sobrepreço.

Quanto aos mandados, três estão sendo cumpridos em Maceió, um em Satuba, um em Santa Luzia do Norte e um em Bom Conselho (PE). Todos foram expedidos pela 2ª Vara da Justiça Federal, em razão de Representação da autoridade policial no curso das investigações.

[[sabia_mais]]

De acordo com a  PF-AL), está é uma fase ostensiva da Operação ‘Baldroca’, e tem apoio da Controladoria Geral da União (CGU) e da Receita Federal do Brasil (RFB). 

As penas dos crimes investigados dizem respeito aos artigos 89 e 90, da Lei nº 8666/93, ao artigo 1º, I, do Decreto-Lei nº 201/67 e ao artigo 288, do Código Penal Brasileiro, e podem chegar a 24 anos de reclusão.

O termo “BALDROCA” significa embuste, trapaça.