Maceió

Pinheiro: governador Renan Filho diz que vai adotar medidas para punir culpados

08/05/19 - 16h11 - Atualizado em 08/05/19 - 16h12

Após a audiência para a apresentação do relatório técnico com o resultado dos estudos sobre a instabilidade do solo nos bairros Pinheiro, Mutange e Bebedouro, na manhã desta quarta-feira, 8, o governador Ranan Filho, que cumpre agenda em Brasília,  afrimou que o governo do estado vai adotar as medidas cabíveis no sentido de "punir os culpados".

"Por isso, lá atrás, suspendi as licenças, mesmo antes da emissão do laudo", disse o governador ao se referir à decisão de suspender, por meio do Instituto de Meio Ambiente (IMA), as licenças ambientais da Braskem, em janeiro deste ano.

"Essa decisão foi muito importante. A partir da divulgação do laudo, vamos verificar quais serão as novas orientações e tomar as medidas cabíveis para punir os responsáveis, ressarcir os atingidos e tentar impedir com todo nosso empenho para que não haja desastre", disse o governador Renan Filho, em entrevista à reporter da TV Pajuçara em Brasília, Ana Karolina Lustosa.

Durante a manhã, o governador Renan Filho participou de reunião dos governadores com o presidente Jair Bolsonaro e presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado.