Maceió

Pinheiro recebe reforço no policiamento para evitar invasão de imóveis

TNH1 com TV Pajuçara | 08/02/19 - 09h22 - Atualizado em 08/02/19 - 10h23
Moradores deixam o bairro e ruas começam a ficar vazias | TNH1 / Arquivo

O governo de Alagoas determinou o reforço da segurança policial no Pinheiro, em Maceió, para resguardar as residências que ficaram vazias, depois que muitas famílias deixaram o bairro.

Em entrevistas exclusivas ao Balanço Geral, da TV Pajuçara, e Pajuçara na Hora, da Rádio Pajuçara FM, o governador Renan Filho contou que se reuniu com moradores ontem e um dos pedidos de quem sofre com os problemas da região é o aumento da segurança para evitar invasão e furto de imóveis, depois que o bairro começou a ficar vazio.

“Decidimos fortalecer a segurança porque muita gente deixou o bairro e precisa ter suas residências resguardadas. Determinei que seja feita ronda enquanto o Pinheiro estiver nessa situação”, declarou Renan Filho.

Defesa Civil no  bairro

Uma comissão de acompanhamento da situação de instabilidade do solo do Pinheiro foi criada pelo governo e determinou outra medida a pedido dos moradores, que foi a instalação de um ponto da Defesa Civil no local.

A ação ainda não tem data definida. “Pediram um trabalho mais forte para unificar as informações e vamos atender. Vamos lançar também um hotsite do governo para divulgar todas as informações oficiais. O que não estiver lá, é informação que o governo ainda não tem”, afirmou o governador.

Ele disse que a previsão de conclusão dos estudos que apontem as causas das fissuras nas ruas e nos imóveis é em junho, com um laudo preliminar em março.