Polícia

Polícia busca suspeita de tentar matar companheira e fugir da delegacia de Penedo

TNH1 | 10/11/18 - 14h37 - Atualizado em 10/11/18 - 16h35
Caso foi registro na delegacia de Penedo | Arquivo / Google

Cerca de duas horas depois de ser presa e conduzida até o 82º Departamento Policial, em Penedo, no interior de Alagoas, uma mulher conseguiu escapar da carceragem e é procurada pela polícia, suspeita de tentar matar a facadas sua companheira, na última quarta-feira (7).

De acordo com informações confirmadas neste sábado (10) pelo supervisor plantonista do 11º BPM, que cobre a região do baixo São Francisco, Denise Santos da Silva, de 48 anos, está sendo procurada para que possa responder pelo crime.

Testemunhas relataram para a polícia que Denise e sua esposa, Z.F., estavam em casa, no loteamento Vitória, que fica na parte alta penedense, quando começaram a discutir e, em seguida, Denise atingiu a barriga da vítima com uma facada. Z.F. foi socorrida até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Penedo, onde permanece em observação.

Logo após o crime, Denise Santos foi presa nas imediações do Conjunto José Morais Lopes, conhecida como a antiga Cohab da cidade. Ela foi encaminhada à Delegacia Regional, onde foi autuada por tentativa de feminicídio.

No dia seguinte (8), o juiz Antonio Rafael Wanderley Casado da Silva transformou a prisão em flagrante de Denise em prisão preventiva, para que ela permanecesse presa e não atentasse novamente contra a vida da companheira, mas ela já tinha escapado.

Em contato com o 82º DP, a reportagem do TNH1 foi informada pelo agente plantonista que não há como manter presos na delegacia. “Não temos celas, por isso os presos são enviados para a unidade de Igreja Nova, no caso de mulheres presas, elas são levadas para o presídio feminino da Capital”, explicou o policial, que preferiu não se identificar.

Ao ser questionado sobre a suposta fuga de Denise, ele não quis comentar.