Polícia

Polícia Civil de Alagoas decreta greve por tempo indeterminado

A decisão atinge toda Alagoas e impede até a confecção de boletins de ocorrência (B.O.), a partir de terça-feira (19)

18/04/16 - 16h53 - Atualizado em 18/04/16 - 16h58
Cortesia/Internauta

Em assembleia convocada pelo Sindicato dos Policiais Civil de Alagoas (Sindpol/AL) na tarde desta segunda-feira (18), os escrivães e policiais civis decidiram entrar em greve por tempo indeterminado. A decisão atinge toda Alagoas e impede até a confecção de boletins de ocorrência (B.O.), a partir de terça-feira (19).

A greve é um protesto para demonstrar a insatisfação da categoria com o Governo de Alagoas em relações às reivindicações apresentadas. De acordo com o vice-presidente do Sindpol, Edeilto Gomes, a categoria reclama receber 60% dos salários dos delegados, o pagamento da periculosidade da função, o pagamento de retroativos das progressões e progressões salariais imediatas.

Depois de deflagrarem a greve, policiais e escrivães seguiram para a porta do Palácio do Governo, no Centro de Maceió.

Polícia Civil de Alagoas decreta greve por tempo indeterminado
Polícia Civil de Alagoas decreta greve por tempo indeterminado
Polícia Civil de Alagoas decreta greve por tempo indeterminado
Polícia Civil de Alagoas decreta greve por tempo indeterminado