Polícia

Polícia Civil fiscaliza empresas de AL que utilizam explosivos

Ascom PC AL | 30/09/21 - 17h58 - Atualizado em 30/09/21 - 18h04
Ascom PC AL

A Polícia Civil, por meio do Núcleo de Regulação de Registro e Controle de Armamento, Munição e Explosivos (NURRCAME), deflagrou uma operação com objetivo de fiscalizar empresas de Alagoas que utilizam artefatos e explosivos para o exercício de suas atividades.

A ação policial, que também contou com o apoio dos agentes da Asfixia, foi realizada na quarta-feira (29) e nesta quinta-feira (30), em mineradoras e pedreiras localizadas nas cidades de Maceió, Rio Largo, Messias e Atalaia. 

De acordo com o assessor técnico do NURRCAME, agente Alexandre Lagos, a fiscalização busca verificar a correção de procedimentos e de documentação relativa ao controle nas atividades com explosivos e produtos correlatos.

“A Polícia Civil através do NURRCAME é quem fornece o alvará para o uso do blaster. Se a empresa não possuir esse documento não pode funcionar. Nesta operação, verificamos se o alvará de blaster está no prazo de validade, a documentação das pessoas que trabalham com explosivos, o tipo de explosão que é feita, se a mineradora possui paiol para guardar explosivos ou está trabalhando com processo de emulsão, que aumenta a segurança e evita o roubo de explosivo. A gente realiza uma inspeção e verifica toda a estrutura e documentação das mineradoras e pedreiras”, explicou o policial civil Alexandre Lagos.