Polícia

Polícia Civil prende suspeito de assassinar professor em Jaraguá

Redação TNH1 | 18/09/21 - 07h00 - Atualizado em 18/09/21 - 08h42
Instagram

A Polícia Civil divulgou, na noite dessa sexta-feira, 17, que conseguiu prender o suspeito de assassinar o professor José Acioly da Silva Filho, ex-diretor do Museu Theo Bandão, encontrado morto na noite da última quinta-feira, 16, dentro de sua residência, no bairrro de Jaraguá. O veículo do professor, que havia sido levado após o crime, também foi recuperado.

De acordo com o delegado Ronilson Medeiros, coordenador da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa da Capital (DHPP), o crime está esclarecido. Nesta segunda-feira, Medeiros deve dar detalhes sobre a investigação e a motivação do crime.

Também nessa sexta-feira, o  Instituto de Medicina Legal Estácio de Lima (IML) havia divulgado o resultado do laudo do exame de necropsia no corpo do professor José Acioly da Silva Filho. Segundo o IML. “A vítima apresentava lesões em partes do corpo, como a cabeça, que foram provocados por um instrumento cortante. Mas, a causa da morte foi estrangulamento por asfixia”, explicou o perito médico legista Kleber Santana. Segundo ele, a vítima apresentava hematomas com equimoses provocados por ação contusa. Esse tipo de ferimento comprova que o professor foi espancado antes de ser assassinado. 

O caso

O professor José Acioly da Silva Filho foi encontrado morto em sua residência por volta das 19h dessa quinta-feira, 16. Amigos do professor haviam tentado contato com ele mais cedo, mas as ligações não foram atendidas. As suspeitas de que algo mais grave pudesse ter acontecido vieram após uma mensagem nas redes sociais do professor, informando que ele teria que ir a Arapiraca socorrer um amigo. No entanto, os erros ortográficos no texto deixaram claro que outra pessoa estava com celular de Acioly.

Foi então que amigos se dirgiram à casa de José Acioly da Silva Filho e o encontraram morto. Equipamentos da residência e o carro do professor haviam sido levados após o assassinato.