Polícia

Polícia indicia acusado de ameaçar matar ex-mulher em Major Izidoro

Da Redação, com Ascom PC-AL | 27/10/21 - 13h17 - Atualizado em 27/10/21 - 13h35
Homem acusado de ameaçar matar a ex-mulher em Major Izidoro foi indiciado | Arquivo/Agência Alagoas

O delegado Antônio Carlos Machado Costa, titular do 51º Distrito Policial de Major Izidoro, concluiu e enviou à Justiça, nesta quarta-feira (27), o inquérito que apurou ameaças feitas por um homem contra a ex-mulher, Andréia dos Santos Batista.

Segundo as investigações, o casal conviveu junto durante cerca de 10 anos e teve quatro filhos, separando-se há sete meses, após o indiciado expulsar a mulher de casa.

Dois meses depois, o acusado resolveu ir morar com a mãe, quando a ex-companheira retornou para casa. Porém, a partir daí, o indiciado passou a frequentar insistentemente a sua ex-residência, já que não se conformava com a separação.

Foi quando, no último dia 02, o acusado foi à procura da vítima quando esta se encontrava numa festa com familiares. Incomodada com a situação, a mulher, então, preferiu voltar para casa. Já em sua residência, a vítima relatou ter ouvido um barulho na porta enquanto dormia. Ao abrir a janela, observou o ex-companheiro agredindo, a pedradas, um dos seus primos que a levara para casa. Na ocasião, ele ainda danificou, a pauladas, a motocicleta do rapaz agredido.

À polícia, Andréia relatou também que o ex-companheiro ainda invadiu sua casa com um pedaço de pau e mandou que ela fosse dormir com os pais dela, que moram próximos da filha. Ela acresventa que, durante todo o tempo em que estão separados, o ex-companheiro a ameaça dizendo que, se ela se relacionar com outra pessoa, vai matar ambos.

Toda a situação exposta pela vítima, em depoimento, foi confirmada pela polícia durante a oitiva das testemunhas, razão pela qual o acusado foi indiciado pelo crime de ameaça - que, segundo o Código Penal, prevê detenção de seis meses a um ano.