Polícia

Polícia investiga se médico cometeu importunação sexual contra paciente em Piranhas

Redação TNH1 | 11/01/22 - 16h52 - Atualizado em 11/01/22 - 19h07
Hospital Senador Arnon de Melo em Piranhas | Foto: Agência Alagoas

Nesta terça-feira (11), a Polícia Civil informou que está investigando uma denúncia de importunação sexual contra um médico da cidade de Piranhas, no Sertão alagoano. Conforme a denúncia, a vítima, uma turista pernambucana, procurou a polícia para denunciar que foi importunada durante consulta médica no Hospital Senador Arnon de Melo, em Piranhas, no último domingo (11). Ela tinha ido ao hospital por apresentar sintomas de síndromes gripais.

O delegado Daniel Mayer, responsável pela investigação, informou que médico chegou a ser preso, mas foi liberado no dia seguinte após audiência de custódia. Inicialmente, o caso foi levado à Delegacia Regional de Santana do Ipanema para os primeiros procedimentos, mas agora seguirá na Delegacia de Piranhas (32º DP).

De acordo com a Prefeitura de Piranhas, o profissional envolvido no suposto crime de assédio não presta serviços ou tem qualquer vínculo com a Secretaria Municipal de Saúde do município. O TNH1 entrou em contato com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), responsável pela administração do hospital, para saber se o médico foi afastado e aguarda resposta.