Polícia

Polícia investiga se mulher decapitada em União teria envolvimento com drogas

Redação TNH1 | 13/01/20 - 12h05 - Atualizado em 13/01/20 - 12h28
Divulgação/BR-104

A polícia deu início às investigações da morte brutal de uma mulher que teve a cabeça decepada por bandidos no município de União dos Palmares, Zona da Mata de Alagoas. Além da decapitação, o corpo da vítima apresentou marcas de facadas na região do abdômen e foi encontrado na madrugada desta segunda-feira, 13. 

Segundo testemunhas, a mulher, que ainda não foi identificada, teria envolvimento com drogas e foi morta por criminosos que atuam na região. Em contato com a reportagem, a polícia afirmou que recebeu essa informação, mas ainda não pode confirmar, pois o inquérito está em fase inicial.

 “Vamos dar prioridade para identificar os autores. Recebemos a informação de que ela andava acompanhada de pessoas em situação de rua e era usuária de drogas, vamos apurar isso e também ouvir essas pessoas”, disse o delegado Valter Nascimento.

Os moradores da região onde o cadáver foi deixado encontraram a mulher parcialmente despida, com uma calça jeans, que estava com o zíper aberto, e sutiã. Ainda não se sabe se ela sofreu violência sexual antes de morrer.

A polícia suspeita que a vítima foi assassinada nas primeiras horas de hoje. A cabeça estava a poucos metros do corpo.