Polícia

Polícia localiza corpo de pintor que estava desaparecido há dez dias

Redação TNH1 | 11/12/19 - 18h47 - Atualizado em 11/12/19 - 19h01
Bruno Protásio

O corpo do trabalhador da construção civil Renato Ramalho, 27, desaparecido desde a manhã do domingo, 1º de dezembro, foi encontrado na noite desta quarta-feira (11), em uma região do bairro Pontal da Barra, no Litoral Sul de Alagoas. Segundo o advogado da família, Marinésio Luz, o corpo foi encontrado após denúncias.

A família de Renato esteve no local e fez o reconhecimento. "É ele mesmo. Eu o reconheci por causa da sunga de praia", disse a esposa de Renato, ao repórter Bruno Protásio, da TV Pajuçara.

O advogado confirmou que a vítima tinha dois mandados de prisão em aberto por não comparecimento em juízo em casos de porte de arma e receptação. 

Entenda o caso

Ao TNH1, o advogado da família, Marinésio Luz, disse que a última informação que a família teve de Renato foi na manhã do domingo (1º). Ele estaria numa praia e teria ligado para um amigo.

O advogado não soube informar qual era a praia. De acordo com Marinésio, a família fez o Boletim de Ocorrência na segunda-feira (2). Marinésio afirmou que Renato Ramalho é casado, tem duas filhas e mora no bairro da Chã da Jaqueira.  A esposa e as filhas estariam em Recife quando Renato desapareceu. 

O advogado disse ainda que a família recebeu a informação de que o veículo de Renato, um Fiat Siena, de placa DRR - 2243, teria sido encontrado por populares e mototaxistas da região na Cachoeira do Meirim. Fato confirmado pela polícia na última quinta-feira (5), na região da Avenida Cachoeira do Meirim, no bairro do Benedito Bentes, parte alta de Maceió.