Polícia

Polícia ocupa conjunto após destruição de sete ônibus no fim de semana

Dayane Laet | 02/09/19 - 09h35 - Atualizado em 02/09/19 - 09h39
Reprodução

Policiais militares ocuparam os conjuntos Cidade Sorriso I e II desde esse domingo (01) após sete ônibus que estavam estacionados no terminal que atende a região serem depredados no último sábado. A destruição dos coletivos deixou o conjunto sem transporte durante todo o dia e causou congestionamento na região

A assessoria da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AL) explicou que, dias antes, houve um confronto entre gangues. A polícia foi acionada e, quando entrou em confronto com os suspeitos, um deles morreu. "Amigos do rapaz que morreu então iniciaram o quebra-quebra, fecharam a via de acesso ao conjunto e exigiram a presença da imprensa. Com a depredação dos veículos, a polícia enviou militares do Batalhão de Radiopatrulha, com o apoio do Grupamento Aéreo. A via foi liberada e logo depois a situação aos poucos foi controlada". 

Veja vídeo feito por moradores:

O Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Maceió (Sinturb) confirmou ao TNH1 nesta segunda-feira (2) que os ônibus danificados foram substituídos. Já a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) afirmou que as linhas estão funcionando normalmente, sem prejuízos para a população.

Trabalhadores sob tensão

De acordo com o diretor social do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Alagoas (Sinttro/AL), Alexandre Sobrinho, embora aparentemente sob controle, a situação segue tensa para os rodoviários. “Motoristas e cobradores foram ameaçados, por isso trabalham muito nervosos. Vamos acompanhar de perto”, reforçou Alexandre.

Ainda de acordo com a SSP-AL, a família do jovem que morreu confirmou à polícia que ele tinha envolvimento com o tráfico de drogas