Polícia

Polícia prende suspeito de comprar mercadorias na internet com dados de outras pessoas

Redação TNH1 | 20/02/21 - 13h46 - Atualizado em 20/02/21 - 17h43
Cortesia

Policiais da Divisão Especial de Investigação e Capturas (DEIC), sob o comando do delegado Gustavo Xavier, prenderam em flagrante, nessa sexta-feira,19, um homem de 34 anos suspeito de estelionato. 

Segundo o delegado, a polícia recebeu denúncias de que ele estaria recebendo diariamente mercadorias compradas pela internet de maneira ilícita, por meio de fraudes e do uso de dados de outras pessoas. 

A prisão aconteceu no interior de um condomínio, no bairro Antares, parte alta de Maceió, quando o suspeito recebia mais mercadorias.

“Ele se utilizava de informações obtidas em dados cadastrais, em razão de ser contratado da assistência social, para efetuar compras pela internet e posteriormente vendia os produtos da fraude pela metade do preço”, informou Gustavo Xavier, sem especificar se o suspeito é contratado do Estado ou do Município.

Ainda de acordo com o delegado Gustavo Xavier, o suspeito confessou e vai responder pelos crimes de estelionato e falsidade ideológica. “Há a possibilidade de participação de diversas outras pessoas, mas investigaremos no decorrer do inquérito policial”, disse o delegado.

Entre os produtos apreendidos, no interior do apartamento havia materiais hospitalares, vinhos, mochilas, conjuntos de taças, balanças, além de outras mercadorias.