Maceió

Prefeito anuncia que restaurantes podem adotar sistema 'pague e leve'

Secom Maceió | 30/03/20 - 13h07 - Atualizado em 30/03/20 - 13h19
Pei Fon/Secom Maceió

O prefeito Rui Palmeira realizou live nas redes sociais, nesta segunda-feira (30), para anunciar a prorrogação das medidas para enfrentamento e prevenção contra o coronavírus. As determinações seguem as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), Ministério da Saúde e do Governo de Alagoas.

As medidas foram prorrogadas por mais oito dias, a partir da zero hora deste dia 30 de março, e estão publicadas, por meio do decreto nº 8.862, na edição suplementar do Diário Oficial do Município (DOM), desta segunda-feira (30).

Rui Palmeira esclareceu alguns pontos e respondeu a questões dos internautas em relação às medidas. “Publicamos decreto para manter as medidas e flexibilizar algumas, a exemplo da implantação do “pague e leve” para os restaurantes. Assim, aqueles estabelecimentos que não se adaptaram ao modelo delivery, agora têm essa opção, mas lógico não é permitido aglomerações nestes locais, nem que o cliente permaneça no estabelecimento. Todas as medidas restritivas que estão sendo tomadas pela Prefeitura de Maceió, em conjunto com o Governo Estadual, são para seguir os encaminhamentos do Ministério da Saúde, da OMS e baseadas em questões científicas. É algo muito sério que temos que enfrentar com seriedade”, destacou o gestor.

Durante a live, o prefeito Rui Palmeira fez questão de ressaltar a situação dramática vivida por países no mundo inteiro, entre eles, Itália e Espanha, e reforçou o apelo aos maceioenses para que permaneçam em suas casas.

Confira o conteúdo completo da publicação aqui.

Entre as medidas cuja validade foi prorrogada está a adoção do regime de teletrabalho para os servidores da Administração Municipal, a suspensão de viagens para os servidores, paralisação das atividades escolares da Rede Municipal, assim como toda e qualquer atividade comercial na orla marítima e lagunar, exceto as destinadas ao abastecimento alimentar da população (Centro Pesqueiro do Jaraguá, balanças de pescado) e passeios turísticos de toda.

Além disso, ficam suspensos todos os eventos públicos agendados pelos órgãos ou entidades municipais, devendo tais encontros ser remarcados; Os Alvarás sanitários e de funcionamento já expedidos pela Prefeitura, com vencimento nos próximos 90 dias, serão automaticamente renovados até a data de 19 de junho de 2020;

A Gestão Municipal recomendou ainda a suspensão da entrada de novos hóspedes nos meios de hospedagem de Maceió, incluindo a locação de imóveis para fins turísticos através de qualquer plataforma.

Para assegurar o cumprimento das medidas previstas do decreto, os agentes de fiscalização das Secretarias Municipais, em conjunto com os demais órgãos de Segurança Pública do Estado, atuarão no sentido de fiscalizar o efetivo cumprimento das normas estabelecidas por este Decreto.