Maceió

Prefeitura de Maceió arrecada mais de R$ 1 milhão em leilão de bens inservíveis

Secom Maceió | 08/11/20 - 08h42 - Atualizado em 08/11/20 - 08h44
Arquivo/Pei Fon

A Prefeitura de Maceió, por meio da Secretaria Municipal de Gestão (Semge), conseguiu leiloar mais de 100 bens móveis, veículos recuperáveis e sucatas. O leilão ocorreu na sexta-feira (06), no pátio da Agência Leilões Freire, em Rio Largo, nas modalidades presencial e on-line, simultaneamente. A expectativa da comissão organizadora do leilão era de uma arrecadação de cerca de R$ 209 mil, contudo, ao final do evento, o valor das arrematações superou R$ 1 milhão.

Ao todo, foram leiloados 103 móveis e veículos pertencentes ao acervo público do Município de Maceió, avaliados como sem utilidade para o serviço público, além de bens móveis objetos de apreensões.

O assessor técnico e presidente da comissão de leilão da Semge, João Carlos Buzatto, destacou a importância da iniciativa. “O leilão é a forma legal de promover o desfazimento dos bens patrimoniais que se encontram inservíveis ao serviço público, desocupando assim importante espaço nos órgãos municipais, ora utilizado para armazenar tal sucata”, frisou.

Os bens foram ofertados e vendidos no estado de conservação e nas condições em que se encontravam, sem abatimento nos preços. De acordo com a Semge, os recursos arrecadados com o leilão deverão sem convertidos em reinvestimentos na Administração Pública.

Para a realização do evento, todas as medidas de prevenção ao novo coronavírus foram seguidas, como a distribuição de álcool em gel, medição de temperatura e uso obrigatório de máscaras faciais. Os interessados tiveram três dias, em horários e locais diferentes para visitar os veículos e demais lotes pessoalmente e mediante agendamento.