Maceió

Prefeitura vai cobrar ressarcimento da Braskem na Justiça

Redação TNH1 | 08/05/19 - 12h37 - Atualizado em 08/05/19 - 12h46

O prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), se pronunciou no final da manhã sobre o resultado do relatório do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), divulgado em audiência pública, que apontou a atividade de mineração da Braskem como a causa principal da instabilidade no solo do bairro do Pinheiro e região.

Palmeira disse que o munício deverá buscar na Justiça ressarcimento para os moradores e para o município.

“Foi agora a pouco foi divulgado o tão aguardado relatório da CPRM que apontou como causa dos problemas no Pinheiro, Mutange e Bebedouro a mineração  operada pela braskem.  Já estamos junto à Procuradoria do Município trabalhando nas ações que vamos junto à empresa [Braskem], buscar ressarcimento para os moradores e para os cobres públicos”, disse o prefeito.

Ele ressaltou, ainda, que a fiscalização da atividade cabe à União, e que por isso já estaria solicitando uma agenda de reuniões em Brasília para tratar do assunto. A assessoria de imprensa da Braskem informou que deverá se pronunciar sobre o relatório ainda esta quarta-feira, 08.

Assista ao vídeo postado no perfil do prefeito no Instagram: