Polícia

Preso homem acusado de matar ex-candidato a vereador por Jequiá da Praia

TNH1 com Ascom PC | 16/06/21 - 14h05 - Atualizado em 16/06/21 - 14h19
Divulgação

Foi preso, na tarde desta terça-feira (15), o homem acusado de matar o ex-candidato a vereador Genival Pedro da Silva, conhecido como "Bilu". O crime ocorreu em 29 de novembro de 2020, no município de Jequiá da Praia, no interior de Alagoas.

De acordo com o delegado Regional João Marcello, o homem estava foragido desde que praticou o crime. Atualmente ele estava escondido no povoado de Cadoz, em Coqueiro Seco, onde foi preso.

Ainda segundo o delegado, o homicídio foi motivado por desavenças políticas durante a campanha das eleições municipais de 2020. "O mandante do crime, vereador reeleito, já havia sido preso, e o executor foi preso na data de ontem", frisou. Após a prisão, o homem foi conduzido ao sistema prisional da Capital, onde ficará à disposição da Justiça.

Até o fechamento desta matéria, o TNH1 ainda não havia conseguido contato com a defesa de Genival.

O caso

Genival Pedro (PP), ex-candidato a vereador por Jequiá da Praia nas eleições do ano passado, foi assassinado a tiros durante a madrugada, na porta da própria casa, em Jequiá da Praia, Litoral Sul de Alagoas.

Bilu, como era conhecido na cidade, estava chegando a sua residência acompanhado da esposa quando foi atingido por disparos de arma de fogo.  Em janeiro, foram presos um vereador e outra pessoa, suspeitos de terem participação no homicídio do ex-candidato.