Polícia

Preso homem que assaltou família boliviana em São Paulo e ainda fez selfie

Ascom PC | 18/09/20 - 10h37 - Atualizado em 18/09/20 - 12h42
Foto: reprodução Youtube

A Polícia Civil alagoana prendeu nesta quinta-feira (17) um suspeito de participação em um assalto contra uma família de bolivianos, ocorrido em fevereiro deste ano, no bairro da Mooca,  Zona Leste da cidade de São Paulo.

Segundo o delegado Guilherme Iusten, regional de Arapiraca, a polícia foi informada de que o suspeito estaria escondido na cidade do Agreste alagoano.

Após investigações, o homem acabou localizado e preso. Ele tinha mandado de prisão preventiva decretada pela Justiça

A família de bolivianos foi rendida por bandidos quando saia de casa, por três homens que fizeram o casal e os filhos reféns. Todos foram obrigados, sob a mira de armas, a entrarem de volta na casa, enquanto o grupo praticava o assalto.

A ação dos criminosos foi registrada por câmeras de segurança instaladas na própria casa.

Além de eletrodoméstico e bens de valor, o grupo ainda levou R$ 160 mil que o casal boliviano juntava para comprar um terreno em sua terra natal.

Num ato de deboche, antes da fuga, um dos assaltantes ainda fez uma selfie em que as vítimas aparecem amarradas.