Polícia

Preso por estuprar menina de 12 anos vai ser interrogado no 'Caso Sandra'

Redação TNH1 | 13/11/19 - 17h20 - Atualizado em 13/11/19 - 17h37
Divulgação/Polícia Civil

José Taciano da Silva, 38 anos, preso nesta quarta, 13, pelo estupro da sobrinha, uma menina de apenas 12 anos, em Viçosa, também é o principal suspeito do desaparecimento de Sandra Silva Melo de Morais, de 15 anos, irmã da vítima de abuso, e deve ser ouvido ainda hoje pela polícia sobre o caso.

Sandra sumiu em julho deste ano. Os investigadores trabalham com a possibilidade da jovem ter sido sequestrada, estuprada e em seguida assassinada por ele, já que há quase quatro meses que não se sabe o paradeiro dela. 

O chefe de expediente da delegacia de Viçosa, Rosalvo Casado Lima Filho, contou ao TNH1, na tarde de hoje, que o suspeito está preso no Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) do município e vai ser interrogado pelo possível envolvimento neste outro crime.

José Taciano, que também é tio das meninas, já confessou ter violentado a irmã de Sandra e mantido um relacionamento extraconjugal com a cunhada, mãe delas. A mulher negou ser amante dele.

"Como ele praticou o crime com a menor de 12 anos, ele também pode ter tentado ter relações com Sandra, que por ser mais velha, teria evitado. A gente deduz que ela não teria aceitado e ele pode ter sumido com ela", disse.

Ainda de acordo com Rosalvo, a adolescente pode ter sido assassinada por José Taciano ou ter sido mantida em cárcere privado. "A gente suspeita que ele a sequestrou, a estuprou e depois pode ter a matado, ou até deixada em cárcere privado", relatou.

O delegado Guilherme Sillero, que investiga os crimes, não pôde atender as ligações telefônicas realizadas pela reportagem pois estava em reunião, mas havia confirmado mais cedo que José Taciano será investigado pelo desaparecimento da adolescente. 

"