Maceió

Profissionais de unidades saúde do Pinheiro recebem orientações

Secom Maceió | 20/02/19 - 14h09
Ascom SMS

Servidores das unidades de saúde localizadas no bairro do Pinheiro estiveram reunidos com representantes de setores da Secretaria Municipal de Saúde, da Defesa Civil de Maceió e moradores do bairro para discutir as orientações de trabalho na região. O encontro aconteceu na manhã desta quarta-feira (20), na Associação Planalto do Jacutinga, que fica ao lado da Unidade Básica de Saúde São Vicente de Paula, no Pinheiro.

Com a reunião, os moradores procuraram dirimir suas dúvidas sobre a atuação dos profissionais das duas unidades do bairro, principalmente das equipes de saúde da Família, que cobrem as áreas consideradas de risco, apesar dos dois postos não estarem lotados nestes locais.

O encontro foi solicitado pelos próprios servidores e pelo Sindicato dos Servidores Municipais da Saúde (Sindsaúde).  “Essa reunião visa discutir as orientações de trabalho, inclusive, durante a quadra chuvosa. Servindo assim para tranquilizar os servidores, mas também a população, que precisa saber como serão seus atendimentos”, explicou o presidente do Sindisaúde.

Dinário Lemos, coordenador da Defesa Civil, falou da importância dos profissionais de saúde para a comunidade, enfatizando que esses servidores podem realizar seus trabalhos normalmente.

“O bairro do Pinheiro não tem nenhum problema que as pessoas precisem fazer uma evacuação sem um alerta. O plano do contingência é necessário levando em consideração a situação de uma área vulnerável, que está sendo estudada. Então, nós estamos aqui para esclarecer da melhor forma possível e mostrar que o Município está presente”.

Alex Tenório, representante da Diretoria de Vigilância em Saúde (DVS), ressaltou os esforços e a atuação da SMS dentro do Plano de Contingência do bairro, envolvendo áreas e servidores da saúde.

Durante o encontro também foi discutida a importância dos servidores se informarem por canais oficiais, para assim também poderem orientar a população em caso de dúvidas.

O coordenador do Centro de Gerenciamento de Emergência da Defesa Civil, Paulo Noronha, reiterou que as orientações seguidas devem ser as fornecidas pelo órgão, tanto por parte da população, como por todos que prestam algum tipo de serviço na região. Durante a reunião ainda foi sugerida uma capacitação com os profissionais, para que eles possam ser propagadores de informações verdadeiras aos moradores.

Para o representante da mesa diretora do Conselho Municipal de saúde (CMS), Tibério Guimarães, as equipes poderão atuar junto aos moradores na disseminação de informações oficiais.

“Essas pessoas estão no dia a dia e na casa da população, então elas podem levar as informações corretas e desmentir as fake news, que estão fazendo um terrorismo na vida da comunidade. Por isso, é importantíssima a participação das unidades de saúde e outros aparatos do Município neste momento, em prol dos moradores do Pinheiro”.