Maceió

Protesto faz passageiros descerem de ônibus no Centro de Maceió; grupo é contra acordo de rodoviários

Redação TNH1 | 24/02/21 - 11h45 - Atualizado em 24/02/21 - 12h18
Foto: João Victor Souza / TNH1

Usuários de ônibus tiveram a viagem interrompida e foram obrigados a descer dos veículos durante um protesto realizado na manhã desta quarta-feira (24), no Centro de Maceió. Cerca de 40 veículos foram parados na Rua do Comércio, principal corredor de ônibus da região. 

O ato está sendo organizado por ex-funcionários da empresa Real Alagoas que cobram pagamento de dois meses de ticket alimentação atrasados e não tem relação com o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado de Alagoas (Sinttro).

"Nós não estávamos sabendo que ia ter essa paralisação. Fomos abordados aqui na Rua do Comércio e pediram para a gente parar, entregar a chave e desligar o veículo. Queremos ticket alimentação e nosso plano de saúde que estão querendo tirar da gente", disse o motorista de um dos ônibus.

Os ex-funcionários discordam de um acordo firmado pela categoria, de que o pagamento do ticket alimentação será realizado no próximo dia 12.

"O sindicato toma uma decisão individual, sem discutir com os trabalhadores. Agora o rodoviário vai entrar três meses sem receber o ticket, a reclamação da categoria é grande e estamos aqui para dar apoio", disse Ronaldo Leopoldino, um dos organizadores do ato.

Foto: João Victor Souza / TNH1

O Gerenciamento de Crises da Polícia Militar está no local negociando com os organizadores a retomada das viagens e liberação da rua.

Equipes da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) também estão no local.

Posição do sindicato

O TNH1 entrou em contato com o Sinttro e foi informado de que o protesto está sendo realizado pela oposição da atual diretoria. O sindicato disse que o protesto é de três ex-funcionários da empresa Real Alagoas, para tumultuar as negociações realizadas entre o sindicato e as empresas de ônibus, com a mediação do Ministério Público, Ministério Público do Trabalho e a Prefeitura de Maceió.

"Ficou decidido, na tarde de ontem (23), que o valor referente ao ticket alimentação do mês de janeiro será pago aos rodoviários na próxima sexta feira (26). A audiência realizada ontem na sede do Sinttro/AL foi amplamente divulgada e os rodoviários convidados a acompanhar. Portanto, os inúmeros rodoviários presentes entenderam a negociação e validaram o encaminhamento dado pela negociação. Vale ressaltar que vários rodoviários que transitavam na Rua do Comércio, no Centro de Maceió, nesta manhã, foram pegos de surpresa e tiveram as chaves dos veículos subtraídas de suas mãos à força pelos ex-funcionários acima mencionados", disse o Sinttro..

Também em nota, o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros (Sinturb) disse que entrou em contato com o Sinttro e foi comunicado que a paralisação está sendo comandada por ex-rodoviários que não fazem mais parte do sistema. "O Sinturb lamenta a paralisação, pelo prejuízo causado a população que fica desassistida e também causando o acúmulo de mais prejuízos financeiros para manter o sistema funcionando. Esclarecendo também que esse tipo de paralisação ou greve é ilegal", disse o sindicato na nota.